[Resenha] Perdida

Título: Perdida
Autor: Carina Rissi
Editora: Verus Editora
Páginas: 364
Cotação: 5 estrelas
Sinopse:  Sofia vive em uma metrópole, está habituada com a modernidade e as facilidades que isto lhe proporciona. Ela é independente e tem pavor a menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são os que os livros lhe proporcionam. Mas tudo isso muda depois que ela se vê em uma complicada condição. Após comprar um novo aparelho celular, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século XIX, sem ter ideia de como ou se voltará. Ela é acolhida pela família Clarke, enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de voltar para casa. Com a ajuda de prestativo Ian, Sofia embarca numa procura as cegas e acaba encontrando algumas pistas que talvez possam leva-la de volta para casa. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos. 

Esse é mais um daqueles livros nacionais que todo mundo deveria ler. O único livro que havia lido até então da autora foi Procura-se Marido, sem contar com o grande conto que ela produziu no Livro dos Vilões.

A carina Rissi consegue o inacreditável: mesmo com livros grossos ela não torna a leitura cansativa. Li esse livro em dois dias.

Perdida, Um amor que ultrapassa as barreiras do tempo é um livro que mesmo quando a história vai se desenrolando não conseguímos prever o que vai acontecer com as personagens. 

Pelo meu ponto de vista,  Sofia é uma garota normal, que trabalha assim como qualquer outra.

Após sair com Mari e com o Rafa, o namorado da melhor amiga que sempre é sarcástico, para um restaurante que todos conheciam como A Oca, Sofia sente vontade de ir pro banheiro e ela vai normalmente, afinal, todos fazemos isso.  Devido a muita bebida a vontade era imensa e quando liberaram uma das cabines sofia entra correndo, mas com tanta pressa ela aca deixando cair o celular na privada. 

O que parece uma pequena falta de sorte mudou sua vida.  No dia seguinte era necessário comprar um celular novo, mas o celular que acaba comprando com a vendedora estranha não é definitivamente "normal". Após varias tentativas apertando o botão errado Sofia consegue liga-lo.

A tela do celular ficou completamente verde, Sofia, não entendendo nada acaba caindo.

Quando "acorda", ela se dá de cara com o Ian, vestindo roupas de dois séculos antes com seu cavalo.  A cada palavra do livro, Sofia parecia mais confusa, sem entender nada.

Após falar com o médico e descobrir que está a dois séculos antes Sofia recebe uma ligação da tal vendedora do celular e diz que isso é uma jornada, um desafio que ela terá de seguir.


Não tem nada de errado em gostar de ler historias de amor, pelo menos nos livros elas tem finais felizes! Não machucam ninguém.
Ninguém precisa ser tão esperto para saber que há romance no ar, não é? 

Leia o Primeiro Capítulo.

Quer ter seu livro resenhado? Envie um e-mail para primaveraliteraria@gmail.com como o assunto "Parceria" 

8 comentários:

  1. Oie! Eu comprei os livros da Carina Rissi só porque ela vinha autografar aqui em Florianópolis, mas acabei me surpreendendo muito. Eu tinha bastante expectativas e todas foram alcançadas com um tremendo sucesso. Me apaixonei completamente pelo tipo de escrita da autora e não me arrependi nadinha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana. Não tem como não se surpreender com a grande escrita da Carina Rissi. Também tenho o autógrafo dela. Só me arrependo de não ter lido os livros dela antes. As minhas expectativas também foram alcançadas.
      Não tem como não se apaixonar pela escrita da Carina Rissi.
      Beijos e até mais

      Excluir
  2. O primeiro livro que li da Carina Rissi foi seu incrível conto de O Livro dos Vilões.
    Estou lendo o Procura-se Marido.
    XOXOXO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro dos Vilões é incrivelmente bom mesmo. Pra ser sincera nunca vi uma resenha negativa dele. Quando terminar o Procura-se Marido quero saber sua opinião, viu? Tenho certeza absoluta que você não vai se arrepender.
      Beijos Rafaela Pinheiro

      Excluir
  3. Amei a resenha. Só li o Procura-se Marido e amei. Por que você não botou suas fotos nessa resneha?
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Não tem como não gostar de Procura-se Marido. Não botei as fotos por que meu celular (por onde costumo tirar as fotos) acabou estragando. Mas as próximas resenhas terão fotos.

      Excluir
  4. Já me indicaram muito esse livro e a cada resenha que leio minha vontade de ler aumenta. Adorei a resenha :) éle parece ser super interessante
    Beijos

    minhasecretapoesia.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karen!

      Esse livro é tão bom! Super-recomendo! Quando ler me conta o que achou!

      Excluir

Obrigado por comentar.
Alguma dúvida? Se sim envie um e-mail para primaveraliteraria@gmail.com.

Primavera Literária por Rafaela Pinheiro 2014-2015. Tecnologia do Blogger.