[Resenha] O Teste

Título:O Teste
Autora: Joelle Charbonneau 
Editora: Editora Única
ISBN: 9788567028231
Páginas: 318 páginas 
Cotação: 5 estrelas 
Sinopse: No dia de formatura de Malencia ‘Cia’ Vale e dos jovens da Colônia Cinco Lagos, tudo o que ela consegue imaginar – e esperar – é ser escolhida para O Teste, um programa elaborado pela Comunidade das Nações Unificadas, que seleciona os melhores e mais brilhantes recém-formados para que se tornem líderes na demorada reconstrução do mundo pós-guerra. Ela sabe que é um caminho árduo, mas existe pouca informação a respeito dessa seleção. Então, ela é finalmente escolhida e seu pai, que também havia participado da seleção, se mostra preocupado. Desconfiada de seu futuro, ela corajosamente segue para longe dos amigos e da família, talvez para sempre. O perigo e o terror a aguardam. Será que uma jovem é capaz de enfrentar um governo que a escolheu para se defender?



No primeiro livro da trilogia escrita pela Joelle Charbonneau conhecemos um novo mundo distópico, bem parecido com Jogos Vorazes e Divergente, mas que tem uma narrativa mais leve, diferente das duas outras trilogias.

Nos primeiros capítulos conhecemos a história de Malenci Vale, ou apenas Cia, seu apelido, que tem dois irmãos gêmeos e outro mais velho que a ajudam e dão conselhos quando ela mais precisa.




Com dezesseis anos e apenas um metro e cinquenta e cinco de altura Cia se formou depois de estudar onze anos, mas o pior ainda esta por vir: ela foi escolhida para o teste, onde passará por inúmeras provas para disputar, entre mais de cento e sessenta jovens, uma vaga em uma universidade de Tossil City.

Assim, com essas provas, Cia descobrirá quem são seus verdadeiros amigos e, talvez, seu amor...

Mas nessa trajetória há muitos inimigos e morte de pessoas próximas. Será que Cia esta preparada para isso tudo?  




"Sonhos são apenas sonhos"

"Cuidado com quem você confia, Cia"

"Não estou preocupado com ela. Estou preocupado com você"

"As risadas são boas. Aliviam o nosso ânimo, diminuem a sensação no nosso corpo e reavivam o nosso humor"

"Nunca se questione novamente"

***

Gostaram da resenha? Não deixe de comentar o que achou e a sua opinião! 


Primavera Literária por Rafaela Pinheiro 2014-2015. Tecnologia do Blogger.