[Resenha] Vinte Garotos no Verão

Título: Vinte garotos no Verão
Autor: Sarah Ockler
Editora: Novo Conceito
Páginas: 288
ISBN: 9788581633657
Cotação: 5 estrelas - Favorito 
Sinopse: Quando alguém que você ama morre, as pessoas perguntam como você está, mas não querem saber de verdade. Elas buscam a afirmação de que você está bem, de que vocêaprecia a preocupação delas, de que a vida continua. Em segredo, elas se perguntam quando a obrigação de perguntar terminará (depois de três meses, por sinal. Escrito ou não escrito, é esse o tempo que as pessoas levam para esquecer algo que você jamais esquecerá). As pessoas não querem saber que você jamais comerá bolo de aniversário de novo porque não quer apagar o sabor mágico de cobertura nos lábios beijados por ele. Que você acorda todos os dias se perguntando por que você está viva e ele não. Que na primeira tarde de suas férias de verdade você se senta diante do mar, o rosto quente sob o sol, desejando que ele lhe dê um sinal de que está tudo bem.

Vinte garotos no Verão é um daqueles romances irresistíveis da Novo Conceito que conta a história de Anna, Frankie e Matt, amigos e vizinhos inseparáveis que faziam tudo junto, desde de criança.  

Anna, desde que tinha uns dez anos de idade tem uma paixão por Matt, mas que nunca comentou com Frankie, afinal, como Matt e Frankie são irmãos, ficou com medo de que um ficasse com ciúme do outro. 

No aniversário de quinze anos de Anna, depois de muitos pedidos e desejos para que Matt a beijasse, isso é o que acontece. Aos poucos os dois vão se envolvendo cada vez mais e parece que quanto mais se encontram escondidos durante à noite, mais apaixonados ficam.  

"(...) Assim que nos pegamos agindo como se tudo estivesse certo, alguém se lembra que nada esta certo"

Até então tudo parece perfeito, tudo melhor do que Anna sonhou, só que, depois dos três amigos irem juntos a uma sorveteria no carro de Matt e se divrtirem bastante uma tragédia acontece: um carro vindo no sentido contrário acaba batendo no carro onde estavam e Matt acaba falecendo, apesar de Frankie e Anna só terem pequenos ferimentos.

"Quando alguém que você ama morre, as pessoas perguntam como você está mas não querem saber da verdade"

Um ano depois do acidente a família da qual Matt pertencia resolve fazer uma viagem de férias, levando a Anna junto. Enquanto arrumavam as malas para a viagem a Frankie proponhe um desafio que quem ficar com mais garotos ganha mas ter olhos para outros garotos se torna impossível quando as duas amigas acaba conhecendo Sam e Jackie, dois surfistas encantadores. 

Saídas escondidas á noite, fogueiras, aulas de surf, caminhadas, prais proibidas, festas... tudo isso fez parte da rotina de férias da Frank e da Anna, mas elas estão destinadas a conhecer a verdade...

Bom do começo ao fim, sofremos junto com os  personagens e nos apegamos a leitura de uma forma que é impossível de não ficar com uma "Ressaca Literária"



Já leram o livro? O que acharam? 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar.
Alguma dúvida? Se sim envie um e-mail para primaveraliteraria@gmail.com.

Primavera Literária por Rafaela Pinheiro 2014-2015. Tecnologia do Blogger.