[Resenha] O Doador de Memórias




Título: O Doador de Memórias
Autora: Lois Lowry
Editora: Arqueiro
Páginas: 190
ISBN: 9788580412994
Cotação: 3 estrelas 
Sinopse: Em O doador de memórias, a premiada autora Lois Lowry constrói um mundo aparentemente ideal onde não existem dor, desigualdade, guerra nem qualquer tipo de conflito. Por outro lado, também não há amor, desejo ou alegria genuína. Os habitantes de uma pequena comunidade, satisfeitos com a vida ordenada, pacata e estável que levam, conhecem apenas o presente – o passado e todas as lembranças do antigo mundo lhes foram apagados da mente. Um único indivíduo é encarregado de ser o guardião dessas memórias, com o objetivo de proteger o povo do sofrimento e, ao mesmo tempo, ter a sabedoria necessária para orientar os dirigentes da sociedade em momentos difíceis. Aos 12 anos, idade em que toda criança é designada à profissão que irá seguir, Jonas recebe a honra de se tornar o próximo guardião. Ele é avisado de que precisará passar por um treinamento difícil, que exigirá coragem, disciplina e muita força, mas não faz ideia de que seu mundo nunca mais será o mesmo. Orientado pelo velho Doador, Jonas descobre pouco a pouco o universo extraordinário que lhe fora roubado. Como uma névoa que vai se dissipando, a terrível realidade por trás daquela utopia começa a se revelar. 

O Doador de Memórias é um livro que, no começo da leitura é cansativo, mas ao decorrer das páginas larga-lo é uma missão praticamente impossível.


Jonas, o protagonista principal, esta prestes a completar doze anos de idade, o que significa que ele e outros jovens com a mesma idade nessa comunidade, em que não há guerras e sim inúmeras regras a seguir, vão descobrir a profissão que deverão seguir pro resto da vida


Aos poucois vamos conhecendo melhor a história de Jonas, sua família e seus amigos, assim, o livro vai se tornando cada vez mais incrível. 

Acabei descobrindo o livro da Lois Lowry quando virou filme e, confesso, que foi por essa razão que eu li. 

E aí, o que achou do livro? Já viram o filme? Recomendam?

Comentem sua opinião. ^^




Primavera Literária por Rafaela Pinheiro 2014-2015. Tecnologia do Blogger.